Nas Bancas

A emotiva homenagem ao empresário Jorge de Mello

O empresário morreu no dia 9 de novembro, no Hospital Cuf Infante Santo, em Lisboa, vítima de doença prolongada. Tinha 92 anos.

Redação CARAS
13 de novembro de 2013, 17:11

Centenasde amigos e familiares reuniram-se na Basílica da Estrela, em Lisboa, para ovelório e missa de corpo presente do empresário Jorge de Mello, quefaleceu no passado dia 9, aos 92 anos, vítima de doença prolongada, no HospitalCUF Infante Santo.
“Trabalhei quase 14 anos com o Dr. Jorge de Mello. Foi um tempo da minhavida pessoal e profissional muito feliz. Era uma pessoa de uma enormesensibilidade no trato pessoal, tinha uma grande consciência social, semprepreocupado em motivar as pessoas que com ele trabalhavam nas suas empresas.Guardo uma memória muito boa dos tempos que tive oportunidade de trabalhar aseu lado”, lembrou o ministro da Economia, António Pires de Lima, àsaída da igreja.
Jorge de Mello era neto do industrial que fundou o grupo CUF, Alfredo daSilva, e em 1966 sucedeu ao pai, D. Manuel de Mello, na liderança daempre­sa – que chegou a ser a maior de Portugal –, cargo que assegurou atémarço de 1975. Nessa altura, e de acordo com um comunicado da Nutrinveste(empresa que detinha atualmente), o Grupo CUF valia 5% de toda a riquezaproduzida no nosso país.
O funeral seguiu para o Cemi­tério de São Marçal, em Lourel, Sintra, ondenasceu.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras