Nas Bancas

Manuel Maria Carrilho nega acusação de violência doméstica

O antigo ministro da Cultura reagiu às notícias que dão conta da queixa-crime apresentada por Bárbara Guimarães.

Redação CARAS
25 de outubro de 2013, 17:13

Manuel Maria Carrilho desmentiu a acusação de violência doméstica e afirmou ao Diário de Notícias que apresentou uma queixa contra a apresentadora Bárbara Guimarães. “A manchete do jornal [Correio da Manhã] é totalmente falsa. Se há queixa, é minha contra a Bárbara que foi apresentada no DIAP [Departamento Investigação Acção Penal], após o momento em que, para minha surpresa, me vi impedido de entrar em minha casa e ver os meus filhos”, afirmou à publicação.
Sobre a queixa-crime, apresentada por Bárbara à PSP no passado dia 19 de outubro, o antigo ministro da Cultura revelou que, se esta existir, foi realizada depois da sua. “Se há alguma queixa da Bárbara [Guimarães] foi feita posteriormente à minha”, acrescentou.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras