Nas Bancas

Daniela Ruah: “Vou casar-me em Portugal para o ano”

A atriz, de 29 anos, vai casar-se em Portugal, com o duplo David Paul Olsen, de 37, com quem namora há quase três anos.

Natalina Almeida
13 de outubro de 2013, 14:00

Ainda mal o dia despertava em Los Angeles quando talvez a mais inter­nacional das atrizes portuguesas começa a ser entrevistada para a CARAS. Daniela Ruah não pôs reservas em falar no momento particularmente feliz que vive. Não só a nível profissional, com o início da quinta tem­porada da série Investigação Criminal, como também a nível pessoal, com o noivado com o duplo de cinema norte-americano David Paul Olsen, irmão do seu colega Eric Olsen. Vai casar-se em meados do próximo ano, com um vestido que está a ser criado pela espanhola Rosa Clará.
– Daniela, sei que está noiva. Foi emocionante o pedido de casamento?
– Foi sem dúvida emocionante.
– Há quanto tempo está noiva?
– Desde o final de 2012.
– Aceitou logo?
– Sim!
– E recebeu um anel de noivado...
– Recebi, claro. Desenhado pelo David e o mais indicado para mim possível. Adoro o meu anel de noivado.
– Quando acorda de manhã ainda olha para o anel no seu dedo?
– Sou demasiado pragmática para isso. No entanto, a noção de que tenho muita sorte por ter encontrado uma pessoa com quem quero partilhar tudo está sempre presente.
– O casamento já está marcado?
– Sim. Será em 2014, em Portugal.
– Foi consensual a escolha de Portugal?
– Foi. Felizmente os meus avós ainda estão vivos e quisemos muito que eles fizessem parte do dia do casamento, por isso, foi uma escolha fácil para os dois. Além disso passamos a vida a promover Portugal junto dos nossos amigos e familiares do David nos EUA e achámos que o casamento seria uma oportunidade perfeita para visitarem o país.
– O seu noivo já esteve em Portugal muitas vezes?
– Já e gosta muito de Portugal. É uma pessoa bastante ativa, por isso adora fazer surf nas nossas praias, jogging ao longo da costa, jogar futebol... E até já se orienta bem sozinho!
 – Depois do casamento, planeiam conti­nuar a viver em Los Angeles?
– Sim, é onde vivemos e trabalhamos.
– Como se habituou a viver com uma diferença horária de oito horas dos seus pais, que continuam em Portugal?
– Já temos o nosso ritual: falamos diariamente. Encontrei aqui uma estabilidade de vida e uma relação que também facilita um pouco a distância.
– A série Investigação Criminal mudou duplamente a sua vida: a profissional e a pessoal. Como foi conhecer o seu futuro marido enquanto construía uma carreira a nível internacional?
– Teve a ver com estar no lugar certo na altura certa. Conheci uma pessoa com qualidades e uma personalidade que adoro, que teve uma infância parecida com a minha, cujos pais me fazem lembrar os meus em muitos aspetos. Junta-se a isto uma carreira que se começa a estabilizar e proporciona-se uma situação perfeita.
– No início da vossa relação tiveram o apoio do irmão mais novo de David, o ator Eric Olsen, seu colega na série?
– Tivemos o apoio de todas as pessoas à nossa volta.
– Como viveram os insistentes rumores na imprensa que davam conta de um roman­ce entre a Daniela e o Eric?
– Rumores vão e vêm e será sempre assim. Sinceramente, nunca ligámos muito.
– Namoram há quanto tempo?
– Há quase três anos.
– Sempre disse que ser mãe era um dos seus sonhos pessoais... Imagina-se a formar uma família nos EUA?
– Presentemente, eu e o David acreditamos que educaremos os nossos filhos aqui nos EUA, porque é onde trabalhamos e para já é aqui que estamos a criar raízes. Se mudar alguma coisa, logo veremos.
– A Daniela e o David já partilham casa?
– Já.
– Vive a fase mais feliz da sua vida?
– Sinto-me completa e muito feliz.
– Voltar para Portugal faz cada vez menos sentido?
– Hoje em dia tenho a sorte de me sentir confortável nos dois sítios. Tenho a minha juventude, família e um lar em Portugal, e nos EUA construí uma vida com amigos e onde estou a constituir a minha própria família.
– Sempre se assumiu como uma atriz ambiciosa. Que planos tem a nível profissional?
– Ainda tenho mais uns anos de Inves­tigação Criminal, por isso, está muita coisa no ar e torna-se difícil fazer planos concretos. Fiz uma peça de teatro este ano, que consegui conciliar com a série, estando em cena só aos fins de semana. E quando a série terminar quero fazer cinema ou saltar para outra série televisiva. O importante é continuar a trabalhar e em bons projetos.
– Vive há seis anos nos EUA, é talvez a atriz portuguesa mais internacional, é reconhecida entre os atores de Hollywood, tem uma carreira invejável, já disse que é feliz... O que lhe falta?
– Gostava de poder passar mais tempo em Portugal!
– Quando pensa na ascensão da sua carreira, o que é que sente?
– Às vezes sinto-me incrédula. Outras vezes sortuda, com vontade de continuar a trabalhar arduamente, para que a sorte continue.
– A sua profissão obriga-a a manter-se em excelente forma física. Qual o segredo, com o ritmo tão intenso das gravações a que está sujeita?
– Não há segredo! Vou ao ginásio sempre que posso, treino sozinha e por vezes com um personal trainer, como equilibradamente e bebo muita água. Claro que há semanas em que se torna difícil, precisamente por causa do ritmo das gravações.
Vai casar-se com um duplo. A Daniela também recorre a duplos?
– Nas cenas mais arriscadas, sim. Até porque a própria produção não me deixa fazer algumas coisas. No entanto, nas cenas de lutas sou eu, cerca de 99 por cento do tempo.
– Quando não está embrenhada nas gravações, como é a sua vida em LA?
– Gostamos de dar longos passeios com os nossos cães, ir à praia, cozinhar, estar com amigos, ir ao cinema...
– Uma curiosidade: os seus olhos são di­ferentes um do outro, é uma característica que a identifica. Nasceu assim?
– Sim, é de nascença e como tal nunca liguei muito. No entanto, acho que as pessoas à minha volta e os fãs da série acabaram por fazer disso uma imagem de marca.
– A Daniela vai fazer 30 anos este ano...
– Cada ano que passa tem sido um desafio e anseio por ver que outros desafios virão. Que venham os 30!
Maquilhagem: Carina Catiliano / Cabelos: Luzia Fernandes / Produção: Carmo Cunha Ferreira

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras