Nas Bancas

Cory Monteith

Cory Monteith

Reuters

Relatório final confirma que Cory Monteith morreu de overdose de heroína e álcool

O ator estava sóbrio há três meses e não resistiu a uma recaída.

Redação CARAS
3 de outubro de 2013, 17:32

O relatório final da investigação à morte de Cory Monteith confirma que o ator não resisitiu a uma overdose de heroína e champanhe.
O TMZ teve acesso ao documento que relata que o ator de Glee estava sozinho no quarto de hotel a beber champanhe e a consumir heroína quando morreu, no passado mês de julho.
A causa oficial da sua morte ficou registada como "toxicidade causada por uma mistura de drogas, envolvendo o uso intravenoso de heroína combinado com a ingestão de álcool". No mesmo relatório é ainda afirmado que o ex-namorado de Lea Michele tinha uma "história de consumo de drogas ilícitas com períodos intermitentes de reabilitação e de abstinência de drogas".
Cory estava sóbrio há três meses e a diminuição da sua tolerância às drogas pode ter sido fatal para o ator, que alegadamente vivia uma vida dupla: de trabalhador árduo em Los Angeles e consumidor de drogas quando estava em casa, no Canadá.
A família do ator teria conhecimento do seu comportamento e tentaram ajudar, mas Cory terá tornado-se distante nos últimos tempos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras