Nas Bancas

Letizia ‘obrigada’ a fazer vénia à rainha Máxima

Depois dos cumprimentos formais, Máxima abraçou Letizia, mostrando que o facto de agora ser rainha não mudou a sua relação com a princesa espanhola.

Redação CARAS
1 de outubro de 2013, 15:10

Durante uma década, a princesa Letizia de Espanha e Máxima da Holanda estiveram em pé de igualdade, tratando-se ‘tu cá tu lá’ com o à-vontade próprio de duas mulheres da mesma idade que têm em comum o facto de serem plebeias no seio de uma família real e de falarem a mesma língua materna, o castelhano. Porém, com a coroação do marido, o rei Guilherme da Holanda, em abril passado, a antiga economista argentina subiu um enorme degrau na hierarquia e agora a antiga jornalista espanhola é obrigada a fazer-lhe vénia. Um gesto protocolar que, na recente visita oficial que ela e Guilherme fizeram a Espanha, Máxima não pôde recusar, mas que depressa atenuou dando um caloroso abraço à princesa espanhola.
Máxima e Guilherme chegaram à base aérea de Torrejón de Ardoz, nos arredores de Madrid, num avião pilotado pelo próprio soberano holandês, e foram recebidos na pista de aterragem por Felipe, Letizia e Ana Pastor, ministra espanhola do Fomento. E após os necessários cumprimentos formais, os novos monarcas holandeses e os ainda príncipes das Astúrias foram efusivos o suficiente para mostrar que na realidade nada mudou.
Visivelmente satisfeitos por se reverem, os dois casais deixaram bem claro que os laços de amizade que fomentaram no passado não foram postos em causa pela mudança de estatuto dos visitantes. E foi no mesmo carro, com Felipe ao volante e Guilherme como copiloto, que os quatro seguiram rumo ao Palácio da Zarzuela, o que lhes permitiu pôr a conversa em dia antes de ter início o programa da visita.
Como sempre, as toilettes das protagonistas deste momento, uma e outra ‘ditadoras’ de tendências, estiveram no centro das atenções. Mais discreta do que é hábito, Máxima estava irrepreensível num vestido azul pastel, valorizado por algumas peças da parure de águas marinhas que pertenceu à sua sogra, a antiga rainha Beatriz, e que agora é sua. Letizia, por seu turno, estava também muito sóbria, num vestido em seda stretch branca com aplicações de renda. Na Zarzuela, numa clara homenagem aos visitantes – chefes da casa de Orange – a rainha Sofía estava vestida em tons laranja e o rei Juan Carlos tinha uma gravata da mesma cor.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras