Nas Bancas

Sofia Fernandes revela: "Já chegou a altura de termos filhos"

A repórter do ‘E-Especial’ vive um casamento feliz com José Barbosa.

Marta Mesquita
28 de setembro de 2013, 14:00

Em setembro, Sofia Fernandes, de 36 anos, e José Barbosa, de 40, completam dois anos de casados. O balanço que fazem da sua união não podia ser mais positivo e, por isso, a repórter do programa da SIC E-Especial e o advogado já se sentem preparados para terem filhos. Foi sobre os seus sonhos a dois que a CARAS conversou com o casal durante uma manhã passada em Cacela Velha, no Algarve.
– Quando chega o verão, é obrigatório virem para o Algarve?
Sofia Fernandes
– Sim, sem dúvida, até porque temos casa de família cá. E eu gosto especialmente desta zona de Cacela Velha. Aqui, podemos ir a uma praia muito virgem, que é um paraíso num estilo Caraíbas. E a vila é muito bonita. É o sítio ideal para se vir com calma e desfrutar de uma boa refeição.
– Em setembro celebram dois anos de casamento. Qual é o balanço que fazem da vida a dois?
– Tem sido aquilo que eu esperava. Damo-nos muito bem, temos interesses em comum e vivemos uma relação muito tranquila. Tem sido muito bom. O Zé ensina-me a ser um bocadinho mais calma, porque sou uma pessoa stressada. Eu sou mais enérgica e o Zé é muito cool. Ele também é mais racional, mais ponderado, mais poupado. Eu sou mais emotiva e gastadora. Portanto, as coisas entre nós são muito equilibradas.
José Barbosa – Durante estes dois anos não houve grandes surpresas, porque conhecemo-nos de facto muito bem. E termos interesses em comum ajuda bastante, porque na vida não basta sentirmos paixão e amor. Também é preciso haver partilha de valores e de formas de pensar e de estar na vida.
– E já está na altura de pensarem em filhos ou ainda querem desfrutar do tempo a dois?
Sofia
– Só estamos à espera que aconteça! Para nós faz sentido ter pelo menos dois filhos, porque o Zé odeia ser filho único, e como já não temos 20 anos, temos de avançar. Quando a natureza quiser, vai acontecer.
– E estão preparados para as mudanças que um filho traz à vida de um casal?
 – Gostamos imenso de estar sozinhos, de podermos viajar quando nos apetece, de desfru­tarmos de um fim de semana a dois, mas também já sinto vontade de ter alguém a chamar-me de mãe, é uma grande responsabilidade mas é algo que já me faz todo o sentido.
José – Eu também quero ter filhos e esperamos que em breve isso aconteça. Já temos um cão, do qual também temos de cuidar, e agora estamos preparados para uma responsabilidade e dedicação ainda maiores.
– E um filho implica deixar de lado qualquer egoísmo...
Sofia –
Sim, e acho que o Zé vai ressentir-se um bocadinho quando tivermos um filho, porque ele quer estar sempre colado a mim. E por isso acho que vai sofrer um bocadinho com o facto de ter de dividir a minha atenção com um filho.
– A Sofia já está no E-Espe­cial há vários anos. Não tem vontade de abraçar um novo desafio?
– Adoro estar no E-Especial, mas tenho pena de não fazer mais projetos, mesmo que sejam pontuais. Estou sempre disponível para o que me quiserem chamar, mas isso é algo que não depende de mim. Tenho de esperar que quem decida me chame. Agora, há uma coisa que posso fazer e que tenho vindo a adiar, que é começar a escrever. Quero deixar de ter medo e ganhar coragem para escrever, que é algo de que gosto muito. Se escrevesse seria um romance, mas tenho de aprender mais sobre a técnica. É algo que quero mesmo tentar.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras