Nas Bancas

Jorge Jesus

Jorge Jesus

Getty Images

Auto notícia da PSP refere que Jorge Jesus agrediu agente na cara e num braço

O inicidente aconteceu no último domingo, dia 22, no final do jogo que opôs o Benfica ao Vitória de Guimarães.

Lusa
26 de setembro de 2013, 10:49

O auto notícia da Polícia de Segurança Pública (PSP) refere que o treinador do Benfica, Jorge Jesus, agrediu um agente com uma bofetada na cara e outra num braço, disse à Lusa fonte policial.
De acordo com esta fonte, que esclarece que o treinador encarnado ainda não está acusado, a situação ocorreu após a invasão de campo por parte de um adepto. "Um agente foi tentar deter o adepto e foi quando Jorge Jesus interveio e agrediu esse agente com uma bofetada na cara e outra num braço. Como esse agente não libertou o adepto, Jorge Jesus insurgiu-se contra outro agente da PSP", disse à Lusa esta fonte policial, citando o auto notícia enviado na terça-feira para o Tribunal Judicial de Guimarães.
Jesus só assinou notificação depois de informado por PSP que não havia agressões
O treinador Jorge Jesus só assinou a notificação referente aos incidentes de Guimarães, após a polícia lhe ter garantido que não havia menção a quaisquer agressões por parte do técnico, disse à Lusa fonte do Benfica:"Garantiram - porque lhes foi perguntado - que no relatório da PSP não havia nenhuma menção a agressões ou tentativas de agressão, mas apenas a resistência a autoridade. Em face disto, Jorge Jesus assinou a notificação".
Esta acrescentou que, ao contrário da informação avançada ao técnico, o auto de notícia da Polícia de Segurança Pública (PSP), enviado na terça-feira para o Tribunal Judicial de Guimarães, menciona uma agressão de Jesus.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras