Nas Bancas

Terminado um ano de muitas mudanças, Jani Gabriel descansa no “seu” Algarve

Recém-licenciada, a manequim quer apostar mais numa carreira internacional e continuar os estudos na área da Psicologia.

Marta Mesquita
22 de setembro de 2013, 10:00

Quando chegam os meses quentes, Jani Gabriel, de 22 anos, regressa sempre ao Algarve – a região onde nasceu e cresceu – para estar com a família, descansar e aproveitar ao máximo a companhia dos amigos. Este ano não foi exceção e a CARAS encontrou a manequim em Vilamoura, num fim de tarde passado à beira-mar, durante o qual nos confirmou o fim do seu namoro com João Soares e revelou quais os seus planos a curto prazo.
– É sempre bom regressar a casa…
Jani Gabriel – É ótimo regressar a casa! A minha família está cá e os meus amigos também vêm passar férias ao Algarve, que acaba por ser o ponto de encontro perfeito nesta altura do ano.
– Há muito tempo que não aparece ao lado do João. Ainda estão juntos?
– Já não estamos juntos. Eu estou bem e não vou falar mais sobre este assunto.
– Esta altura de férias costuma ser um tempo de balanços. Foi um bom ano para si, pessoal e profissionalmente?
– Foi um ano intenso. Continuei a ter trabalho, mas tive de conciliá-lo com a minha licenciatura em Psicologia, que terminei este ano. Orgulho-me de tudo o que fiz até hoje, pois acho que tive um percurso exemplar. A moda foi uma bênção que apareceu na minha vida e penso que tenho vivido tudo da melhor maneira.
– E agora, quais são os planos?
– Quero continuar a estudar, em princípio não vou fazer nenhuma pausa. Vou tentar seguir Neuropsicologia. É uma área que está a crescer em Portugal e que me permite fazer investigação.
– No seu dia a dia, consegue ‘despir’ o papel da psicóloga?
– Nem sequer o visto! Não ponho em prática no dia a dia o que aprendo no curso. Nem tenho a tentação de o fazer. Quando estou numa conversa com os meus amigos, não estou a analisá-los. Separo muito bem as coisas.
– Para além de continuar a estudar, acredito que ainda queira abraçar novos desafios na área da moda...
– Ainda há tanta coisa que quero fazer! Gostava muito de voltar a trabalhar no mercado de Nova Iorque, que é o meu favorito. Lá estão as marcas todas. E, se calhar, ainda vou tentar regressar. Neste momento, tenho trabalhado muito na Alemanha e em Espanha.
– Há muitos manequins que mais tarde dão o salto para áreas como a representação ou a apresentação. Gostava de experimentar alguma delas?
– Confesso que tenho curiosidade em experimentar novas áreas profissionais, mas cada coisa a seu tempo. Agora estou a ter oportunidades na moda e agarro-as. Um dia, se houver a oportunidade de trabalhar noutra área, talvez arrisque.
– Vê-se que está em excelente forma física. É fácil para si manter a elegância ou tem de fazer muitos sacrifícios?
– O meu segredo para me manter em forma é ter uma boa genética. No que diz respeito à alimentação, não me privo de nada nem faço dietas malucas. Tento comer com moderação.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras