Nas Bancas

História de mordomo americano conquista famosos portugueses

Os convidados desta antestreia ficaram emocionados com o filme baseado na história real de Eugene Allen, um mordomo que serviu na Casa Branca durante 30 anos.

Redação CARAS
10 de setembro de 2013, 11:33

Depois de ter liderado a bilheteira nos Estados Unidos, o filme O Mordomo chegou a Portugal e a sua antestreia, no cinema S. Jorge, em Lisboa, reu­niu dezenas de caras conhecidas que foram conhecer a história de Eugene Allen, que foi mordomo na Casa Branca durante três décadas, ao longo das quais ser­viu oito presidentes. À chegada, Nuno Rogeiro já tinha a certeza de que esta seria uma noite bem passada: “Já li o livro, é muito bom, e tenho a certeza de que vou gostar do filme”. O que confirmou uma hora e meia depois: “Esta é uma grande história a nível pessoal. Este filme é uma peça da história dos Estados Unidos através da pessoa que a viveu. Acho que muitas feridas americanas retratadas neste filme ainda não foram saradas”.
O filme do realizador Lee Daniels, com banda sonora de Rodrigo Leão, iniciou-se com um show case do músico português. “O concerto foi representativo da beleza da música no filme. É uma música muito forte e que serve muito bem a história deste mordomo, que é muito comovente”, avaliou a atriz Anabela Teixeira.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras