Nas Bancas

Isilda Peixe faz redução mamária: “Quero sentir-me bem quando me vejo ao espelho”

Aos 45 anos, a modelo de publicidade da Elite aproveitou o facto de ter de retirar uns nódulos benignos do peito para o corrigir e reduzir o seu tamanho, passando de um ‘soutien’ 34D para um 34B.

Cláudia Alegria
7 de setembro de 2013, 16:00

Foi há cerca de dois meses que Isilda Peixe se submeteu a uma intervenção cirúrgica para remover um nódulo benigno e aproveitou para reduzir um pouco o tamanho do peito. “Juntei o útil ao agradável. Há 17 anos tive de retirar uns nódulos malignos e, para não ficar com uma cicatriz enorme na mama esquerda, acabei por ficar com o peito assimétrico. Estava feio. Não se notava, mas eu não gostava daquilo que via. Entretanto, este ano voltaram a ser detetados nódulos que precisavam de ser retirados e, depois de falar com o meu ginecologista e a [cirurgiã plástica] Laura Tarouca, decidimos aproveitar a mesma intervenção para tentar corrigir o peito”, explicou a modelo de publicidade da Elite, acrescentando ter pedido à equipa médica que a seguiu no hospital Cuf Infante Santo para fazer também uma redução mamária. “Quem sempre teve mamas grandes não as quer grandes. Quanto maior for o peito, mais descaído fica com a idade e o meu sonho sempre foi ter o peito pequeno. Por isso, passei de um soutien 34D para um 34B”, revela Isilda, assegurando que se limitou a informar a família do procedimento a que ia ser sujeita: “O corpo é meu. Quero sentir-me bem quando me vejo ao espelho. Fiz isto por mim, não pelos outros.  Há anos que andava na dúvida e agora foi o momento certo. Por isso só lhes disse em que dia ia ser a operação e depois apresentei os resultados.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras