Nas Bancas

Duarte Lima

Duarte Lima

D.R.

Duarte Lima: Mais três meses de prisão domiciliária

O ex-líder parlamentar do PSD acusado de três crimes de burla qualificada, dois de branqueamento de capitais e um de abuso de confiança agravado.

Lusa
19 de agosto de 2013, 18:06

Duarte Lima, um dos seis arguidos em julgamento no processo relacionado com aquisição de terrenos no concelho de Oeiras, vai manter-se em prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, por mais três meses.
Fonte judicial disse hoje à agência Lusa que a juíza Filipa Valentim, que preside ao coletivo de juízes da 7.ª Vara Criminal de Lisboa, renovou a medida restritiva de liberdade, aplicada, desde maio de 2012, ao antigo líder parlamentar do PSD.
Duarte Lima e os outros arguidos, entre os quais o filho e o sócio do antigo deputado, estão a ser julgados por alegados crimes de burla qualificada, branqueamento de capitais, abuso de confiança, falsificação e infidelidade.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras