Nas Bancas

Papa Francisco deixa o Brasil com "saudade"

O sumo pontífice esteve uma semana no país.

LUSA
29 de julho de 2013, 11:26

O papa Francisco concluiu ontem uma visita de uma semana ao Brasil apelando aos bispos latino-americanos para não se comportarem como "príncipes" autoritários, com agradecimentos pelo acolhimento no maior país católico do mundo e mesmo "saudade".
"Parto com a alma cheia de recordações felizes; essas - estou certo - tornar-se-ão oração. Neste momento, já começo a sentir saudades. Saudades do Brasil, este povo tão grande e de grande coração; este povo tão amoroso", disse o papa antes do regresso a Roma, numa cerimónia de despedida, na Base Aérea do Aeroporto Internacional do Galeão (Rio de Janeiro), em que o vice-presidente brasileiro Michel Temer representou a presidente Dilma Rousseff.
Citado pelo jornal Estado de São Paulo, o papa Francisco mencionou em particular as "saudades" do "entusiasmo dos voluntários", do "olhar dos jovens no Hospital São Francisco", bem como da "fé e da alegria em meio à adversidade dos moradores da [favela da] Varginha", alguns dos locais por onde passou na última semana.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras