Nas Bancas

Francisco José Garzón Amo

Francisco José Garzón Amo

Reuters

Maquinista do comboio que descarrilou acusado de homicídio por negligência

Francisco José Garzón Amo deverá depor amanhã frente a um juiz.

Redação CARAS
27 de julho de 2013, 17:25

O maquinista envolvido no acidente ferroviário na Galiza já teve alta do hospital e já se encontra na esquadra da polícia de Santiago de Compostela.
Francisco José Garzón Amo, de 52 anos, é acusado por um crime de homicídio por negligência e deverá depor amanhã. Jorge Fernández Díaz, Ministro do Interior, assegurava ontem que: "O condutor foi detido pela polícia porque há indícios racionais para creer pode ter alguma responsabilidade no sucedido".
O acidente provocou pelo menos 78 mortos e 130 feridos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras