Nas Bancas

138956860.jpg

Getty Images

Brad Pitt fala da vida com Angelina Jolie: "Nunca fui tão feliz"

O ator deu uma entrevista à revista 'Esquire', depois da dupla mastectomia da mulher.

Redação CARAS
21 de maio de 2013, 15:06

Brad Pitt confessa viver uma fase feliz ao lado da mulher, Angelina Jolie, e dos seis filhos do casal, Maddox, de 11 anos, Pax, de nove, Zahara, de oito,Shiloh, de seis e os gémeos Vivienne e Knox, de quatro.
Na primeira entrevista após Angelina Jolie ter divulgado que tinha feito uma dupla mastectomia, o ator fala da importância da família. "Tenho muito poucos amigos. Tenho alguns amigos próximos e a minha família e nunca fui tão feliz", revelou à Esquire.
"Sempre pensei em ter uma família grande. Queria ter uma casa na qual houvesse confusão e barulho constante, quer fossem risos, gritos ou choros. Adoro isso, adoro. Detesto quando as crianças não estão. Claro que também é bom conseguir ler o jornal quando estou num hotel, mas no dia seguinte sinto saudades daquele barulho, de toda aquela vida",
acrescentou.
O ator já tinha falado acerca da decisão da atriz em retirar os seios para prevenir o cancro da mama, mas voltou a fazê-lo esta semana ao jornal USA Today. "Ainda estou numa fase emocional em relação a isso, claro. Ela podia ter mantido esta decisão privada. Mas foi muito importante para ela partilhar a história para que outras pessoas percebam que isto não tem de ser uma coisa assustadora. Pode ser uma algo que nos dá poder e que nos torna mais fortes. Fizemos com que o período de recuperação pós-operatório se tornasse divertido. Fazemos disto uma aventura".
O protagonista de World War Z, também manifestou a sua admiração pelo facto de a mulher ter mantido os seus compromissos humanitários durante os três meses de cirurgias e recuperação, como uma visita ao Congo, uma viagem a Londres para participar no encontro dos G8 e a homenagem a Malala Yousafzai, em Nova Iorque.
No artigo que escreveu para o The New York Times e no qual revelou a sua decisão, Angelina também tinha elogiado o companheiro pelo seu apoio. "Tenho muita sorte por ter um companheiro, Brad Pitt, que é tão querido e que me apoia tanto. Por isso, a todos os que têm uma namorada ou mulher a passar por esta situação, saibam que são uma parte muito importante desta transição. O Brad esteve no Pink Lotus Breast Centeronde eu fui tratada durante todos os minutos das cirurgias. Conseguimos encontrar momentos para nos rirmos juntos. Sabíamos que esta era a coisa certa a fazer pela nossa família e que nos iría unr mais. E uniu", escreveu a atriz.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras