Nas Bancas

Kobe Bryant processa a mãe

O jogador de basquetebol quer impedir a venda de peças da sua adolescência leiloadas pela mãe, Pamela.

Redação CARAS
9 de maio de 2013, 15:15

Kobe Bryant entrou numa batalha judicial contra a mãe, Pamela. A estrela dos Los Angeles Lakers processou uma casa de leilões com o objetivo de impedir que esta venda bens da sua infância e do início da sua carreira no valor de um milhão de dólares (759 mil euros) e que, aparentemente, foram levados por Pamela Bryant sem permissão.  
Ao que parece, a mãe do jogador de basquetebol vendeu aneis, troféus, medalhas e camisas usadas pelo filho à leiloeira por 450 mil dólares (341 mil euros). Quando soube das intenções de Kobe em tentar reaver os objetos, a casa de leilões Golden Auctions entrou com um processo em tribunal, onde defende o direito de vender os bens depois de ter pago um preço justo por eles.
Por sua vez, o basquetebolista alegou que nunca deu consentimento à sua mãe para desfazer-se das suas recordações. O dinheiro arrecadado com o leilão seria usado para construir uma residência para a família no Nevada, Estados Unidos.
Kobe Bryant, de 34 anos, tem uma fortuna avaliada em 150 milhões de dólares (114 milhões de euros) e é considerado o jogador de basquetebol mais bem pago da NBA. Neste momento, encontra-se a recuperar de uma intervenção cirúrgica após ter fraturado o tendão de Aquiles durante uma partida do campeonato norte-americano.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras