Nas Bancas

composição Marta Carlos Cruz.jpg

Marta Cruz conta como foi visitar o pai na prisão

De forma emocionada, Marta Cruz relata como foi visitar o pai, Carlos Cruz, uma semana depois do antigo apresentador se entregar para cumprir pena no estabelecimento prisional da Carregueira.

Redação CARAS
10 de abril de 2013, 01:28

Foi na primeira hora de quarta-feira, dia 10 de Abril, que Marta Cruz usou a sua página de Facebook para relatar a visita que fez ao pai, Carlos Cruz, na cadeia.

Marta, que há cerca de um mês vive de novo em Portugal, escreveu:

“Ontem (terça-feira, porque já passa da meia noite) visitei o meu pai... Confesso publicamente a ansiedade e nervosismo que vivi intensamente antes de o ver entrar naquela sala, rodeada de vidros e a qual parecia tão fria... PARECIA!!!... Quando vi o meu pai entrar, em passo rápido, olhando para o relógio, com um largo sorriso no rosto, a sala aqueceu repentinamente...

Estava a morrer de saudades... Tinha tanto para lhe contar, mas mais ainda para olhá-lo, vê-lo, senti-lo... Fiquei mais calma quando me abraçou... Sentámos os 4 (eu, minha irmã Mariana, meu irmão Martim e ele, meu pai)... Em momento algum houve lágrimas... a conversa foi animada, conversa típica de uma família unida, que se ama, que se apoia e que dorme tranquilamente, todas as noites, com a consciência tranquila...

Depois de 60 minutos minuciosamente contados por quem de direito, fiquei mais serena... Fui-me embora mais serena... Ele está bem, tranquilo, esperançoso da e na verdade, e surpreendido com apenas uma coisa: a morte de Luiz Andrade (pêsames à família). Tenho saudades... essas não passaram! E não passarão... E assim voltamos ao mesmo: contagem regressiva para mais um encontro... Passa rápido semana, passa rápido!!!”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras