Nas Bancas

Ana Brito e Cunha

Ana Brito e Cunha

Catarina Larcher

Suspeito de ter baleado Ana Brito e Cunha foi detido

Está indiciado pela prática de três crimes de ofensa à integridade física qualificada.

Redação CARAS
22 de março de 2013, 15:08

De acordo com o Correio da Manhã, o presumível autor dosdisparos que atingiram Ana Brito e Cunhae outras duas pessoas no passado dia 14 já foi detido pelas autoridades. Ohomem, conhecido por Didi, está indiciado pela prática de três crimes de ofensaà integridade física qualificada.
A Polícia Judiciária terá confirmado que o homem é porteiro e segurança emespaços noturnos há vários anos e tem antecedentes criminais relacionados com oexercício ilegal de segurança privada, furto, falsificação de documentos etráfico de estupefacientes.
Segundo a edição desta sexta-feira do Jornalde Notícias, o segurança assegurou que agiu em legítima defesa, porquetemia pela própria vida depois de ter sido agredido a murro por um homem comantecedentes criminais graves, entre eles uma condenação por homicídio.
Recorde-se que o incidente remonta ao passado dia 14, quando Ana Brito e Cunhaesteve com um grupo de amigos no restaurante Guilty, em Lisboa, e obrigou aatriz a suspender a participação no espetáculo TOC TOC, mas dois dias depois regressou aos palcos em muletas.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras