Nas Bancas

O primeiro dia de Jorge Bergoglio como Papa Francisco

Antes de começar com os atos oficiais, Jorge Mario Bergoglio deu início ao seu pontificado com uma oração privada.

Redação CARAS
14 de março de 2013, 12:47

Por volta das 7h00 da manhã, pouco mais de doze horas depois de ter sido escolhido para suceder a Bento XVI, o argentino Jorge Mario Bergoglio, agora Papa Francisco, esteve na Basílica de Santa Maria Maior, em Roma, para uma oração privada.
Chegou ao local acompanhado por uma pequena comitiva, com especial destaque para Georg Gänswein, o secretário particular do seu antecessor que também é prefeito da casa pontifical. Esteve no local durante cerca de meia hora e saiu sorridente.
Confirmado a imagem de um homem modesto e simples, o Papa não se deslocou à basílica num dos automóveis exclusivamente reservados ao sumo pontífice, com matrícula especial (CV1 – Cidade do Vaticano 1), e entrou por uma porta lateral.
A primeira noite depois da eleição foi passada na casa de Santa Marta, onde se encontram instalados todos os cardeais que participaram no conclave. E, de acordo com um fotógrafo citado pela agência France Press, o Papa não quis deslocar-se ao local onde dormiu numa viatura especial, tendo preferido viajar num minibus com os outros cardeais.
O primeiro dia de Francisco como Papa ficará ainda marcado por uma missa na Capela Sistina com todos os cardeais.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras