Nas Bancas

Chefes de Estado assistem ao funeral de Hugo Chávez

O corpo do Presidente da Venezuela será embalsamado.

Lusa
8 de março de 2013, 13:59

O funeral do Presidente da Venezuela, Hugo Chávez, tem início hoje pelas 15h30 locais, na Academia Militar de Caracas, onde o corpo permanece em câmara ardente, anunciou o governo, esta quinta-feira.

O Governo da Venezuela anunciou, entretanto, que o corpo de Chávez ficará "embalsamado eternamente" numa urna de cristal.

"Quero dizer ao povo e ao mundo (...) que se decidiu preparar o corpo do comandante Presidente, embalsamá-lo, para que fique exposto eternamente, para que o povo possa tê-lo ali", afirmou o vice-Presidente, Nicolas Maduro, numa declaração emitida pela televisão estatal.
A partir da Academia Militar, onde se encontra, em câmara ardente, o corpo de Chávez, Maduro indicou que os restos mortais do Presidente vão ser levados para o Quartel da Montanha, que foi usado como posto de comando no golpe de Estado contra Carlos Andrés Pérez em 1992. "Assim como está Ho Chi Minh, como está Lenine, como está Mao Tse Tung, ficará o corpo do nosso comandante embalsamado no Museu da Revolução, de maneira especial para que possa estar numa urna de cristal e o nosso povo possa tê-lo para sempre", assinalou.

"O funeral de Estado contará com a presença de, pelo menos, 30 chefes de Governo e de Estado do nosso continente e do mundo", disse o Presidente interino, Nicolas Maduro, em declarações transmitidas pela televisão estatal.

Delegações de mais de meia centena de países são esperadas em Caracas, onde chegou, entretanto, a Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, e o ex-presidente brasileiro Lula da Silva, o chefe de Estado cubano, Raul Castro, bem como o equatoriano, Rafael Correa, entre outros.

 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras