Nas Bancas

0.jpg

DR

Shakira e Piqué fortemente criticados por viajarem de carro com o filho ao colo

O jogador do Barcelona foi fotografado no banco da frente com o filho, Milan, nascido no passado dia 22 de janeiro, num marsúpio e, aparentemente, sem cinto.

Redação CARAS
15 de fevereiro de 2013, 18:02

Shakira e Piqué estão a ser alvo de fortes críticas em Espanha por terem sido apanhados a cometer um delito com o seu filho, Milan, nascido no passado dia 22 de janeiro.
Uma fotografia, tirada por um fã e divulgada no Twitter, mostra a cantora a conduzir o carro enquanto o jogador do Barcelona viajava no banco do passageiro, aparentemente sem cinto, e com Milan ao colo, num marsúpio, sem que se avistasse uma cadeira que cumprisse com as normas de segurança para crianças. 
O casal terá sido apanhado em flagrante no passado domingo, após o jogo entre o Barcelona e o Getafe, naquela que foi a primeira visita do bebé ao Camp Nou.
Entre as várias associações que se manifestaram e que acusam o casal de serem irresponsáveis, surge a Associação de Prevenção das Vítimas de Acidentes: "Queremos expressar a nossa rejeição e transmitir a nossa condenação ao jogador do Barcelona Gerard Piqué, que, como retratado, leva o seu filho recém-nascido ao colo, num marsúpio, no carro. Parece-nos uma atitude absolutamente irresponsável, tanto como pai como enquanto figura pública".
A associação lembra ainda que: "A 50 km/h e perante um acidente de tráfico, um homem de 80 quilos, sem cinto de segurança, é projetado contra o para-brisas com uma força equivalente a mais de 2000 quilos e o airbag dispara a uma velocidade de 250 km/h. Assim, o seu filho seria violentamente esmagado pelo seu corpo e pelo airbag."
A Direção Geral dos Transportes de Espanha obriga a que as crianças com menos de 18 quilos tenham de viajar obrigatoriamente em assentos adequados, com proteções adequadas e em sentido contrário à marcha do carro.
Além disso, os dados divulgados pela organização Promotores da Segurança Rodoviária, em 2012, revelaram que cerca de metade das crianças que morrem em acidentes de carro, não se encontravam em cadeirinhas de segurança.
O jornal ABC lembra ainda que este tipo de situação é considerado um delito penal sobretudo se houver um acidente que resulte na morte ou em lesão de um menor, provocado pela incorreta utilização dos sistemas de proteção infantil.
De resto, esta não é a primeira vez que o casal é criticado pela condução, já que há um ano um grupo de fotógrafos queixou-se de que Shakira e Piqué violaram as regras de trânsito para fugir deles.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras