Nas Bancas

MOCHE Capítulo Perfeito: Cinco minutos com… Manuel Sá Pessoa

A organização do MOCHE Capítulo Perfeito está a realizar uma série de entrevistas com os embaixadores do evento, que irá juntar 16 dos melhores surfistas portugueses em ondas de gala na praia de Supertubos, em Peniche. Depois de Pedro Lima e Francisco Mendes, é a vez de Manuel Sá Pessoa falar sobre as suas expectativas para o dia da prova.

Divulgação
4 de fevereiro de 2013, 17:40

O que significa para ti ser um dos embaixadores doMOCHE Capítulo Perfeito?
- É um privilégio, porque acima detudo estou a dar valor ao desporto que pratico e gosto de ver, com uma vertenteabsolutamente espetacular: as melhores ondas no melhor dia com os melhoressurfistas.
O que pensas do formato do evento, os melhores surfistas nas melhores condições?

- É uma espécie de Dream Tour [campeonato mundial de surf] português, namedida em que é uma prova restrita apenas aos melhores surfistas nacionais. Osatletas foram previamente nomeados por um elenco de notáveis e em seguida forama votações pelo público, ou seja, as pessoas que fazem surf ou simplesmenteapreciam a modalidade puderam votar nos seus favoritos, o que acaba por tornarmais próxima a relação do surfista comum com os surfistas profissionais.
Como avalias a evolução do evento da primeira para a segunda edição?

- A maior novidade é, sem dúvida, a transmissão em direto na Internet e natelevisão, o que vai fazer com que o leque de espetadores aumenteexponencialmente. Claro que há coisas a melhorar e acredito que a organizaçãoesteja sempre a pensar em formas de tornar o evento ainda melhor, mas poderchegar a muito mais pessoas através da transmissão televisiva é uma grande mais-valia.Quem está no estrangeiro, como eu – embora tencione regressar para o evento –ou quem, estando em Portugal, não tiver oportunidade de se deslocar a Penichepara ver o MOCHE Capítulo Perfeito ao vivo, poderá assistir à prova pela Internetou pela televisão através da FUEL TV.
Quais são as tuas expectativas para o dia da prova? O que esperas ver na praiade Supertubos?

- Acima de tudo espero ver uma grande camaradagem, porque os 16 finalistassão praticamente todos amigos. Apesar de uns já não competirem há bastantetempo e de outros ainda estarem a competir atualmente, todos eles se conhecem edão bem. O mais engraçado é que será uma competição entre atletas mais velhos emais jovens, o que gera uma dinâmica interessante, já que os veteranos têm maisexperiência e os mais novos têm muita garra. Espero ver uma rivalidade saudávelentre os atletas e que estes arrisquem ao máximo, de forma a proporcionarem umgrande espetáculo.
Em quem apostarias para vencer o evento?

- É difícil dizer porque um dos atletas que, na minha opinião, deveriaestar entre os finalistas não foi selecionado, que é o Ruben Gonzalez, um dos melhores tuberiders de Portugal. O Nicolau VonRupp está num excelente momento de forma e é um atleta a ter em atenção, talcomo o Tiago Pires, que é obviamenteo favorito. Para além destes dois, aposto no Manuel Cotta, surfista da minha praia, com quem surfo frequentementena Praia Grande e que tenho visto fazer muitos e bons tubos.

O período de espera para a realização do MOCHE Capítulo Perfeito estende-se até13 de março, podendo a prova realizar-se em qualquer dia com aviso prévio de 72horas. Com um prize money total de 10.000 euros, a maior premiação já atribuídanuma competição nacional de surf.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras