Nas Bancas

fabrizio-corona-latitante-630x453.jpg

D.R.

Famoso paparazzo italiano detido em Portugal

Fabrizio Corona tinha um mandato de detenção europeu na sequência da condenação em Janeiro de 2012 pelo crime de extorsão qualificada, depois de tentar extorquir 25 mil euros ao futebolista internacional francês David Trezeguet.

Lusa
24 de janeiro de 2013, 01:22

O paparazzo Fabrizio Corona foi detido esta quarta-feira em Queluz no âmbito de mandado de detenção europeu emitido pelas autoridades italianas e será ouvido hoje de manhã no Tribunal da Relação de Lisboa no âmbito do processo de extradição para Itália.

Fonte do Tribunal da Relação adiantou à Agência Lusa que Fabrizio Corona, condenado em Itália por extorsão qualificada a cinco anos de prisão, será ouvido por uma juíza, para se pronunciar sobre o pedido de extradição.

A fonte explicou que o fotógrafo italiano foi condenado em Janeiro de 2012 pelo crime de extorsão qualificada, depois de tentar extorquir 25 mil euros ao futebolista internacional francês David Trezeguet, sob a ameaça de divulgar uma foto comprometedora do jogador com uma mulher.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras