Nas Bancas

Investigadoras portuguesas recebem medalhas de honra

Ana Ribeiro, Ana Abecassis e Leonor Morgado receberam o prémio Medalhas de Honra L’Oreal Portugal para as Mulheres na Ciência.

Redação CARAS
18 de janeiro de 2013, 17:12

Têm menos de 35 anos e são as protagonistas da cerimónia que aconteceu ontem no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa e celebrou a investigação no feminino. Ana Ribeiro, Ana Abecassis, e Leonor Morgado receberam medalhas de honra e 20 mil euros para financiar cada um dos seus projetos.
Ao sofrer uma lesão na coluna de um ser humano este provavelmente ficará definitivamente paralisado. Ao passo que um peixe-zebra consegue, no espaço de um mês, regenerar-se e voltar a nadar normalmente. Foi esta diferença que chamou a atenção de Ana Ribeiro, investigadora do Instituto de Medicina Molecular da Universidade de Lisboa, de 32 anos, que está a estudar esta capacidade com o objetivo de melhorar os tratamentos humanos.
Ana Abecassis, a investigadora do Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa, de 33 anos, estuda as mutações do vírus da sida que resistem aos medicamente anti-retrovirais. O objetivo da cientista é individualizar o tratamento, de forma a torná-lo mais adequado a cada portador do vírus.
Por seu lado, a investigadora do Departamento de Química da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, Leonor Morgado, de 29 anos, interessou-se por uma bactéria que vive em sedimentos onde não há oxigénio e liberta electrões que geram corrente elétrica. O objetivo da cientista é alterar o funcionamento das proteínas e optimizar a corrente elétrica.
O prémio, criado de uma pareceria entre a L’Oreal Portugal, a Comissão Nacional da UNESCO e a Fundação para a Ciência, está já na sua 9.ª edição e pretende incentivar a investigação jovem realizada em Portugal. O júri, presidido por Alexandre Quintanilha, selecionou as três cientistas de entre as 70 candidaturas submetidas.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras