Nas Bancas

kristen-stewart-covers-v-ma.jpg

DR

Kristen Stewart confessa: "Sou uma rapariga normal, contemporânea e sensível"

A atriz é a capa da edição de janeiro da revista 'V'.

Redação CARAS
3 de janeiro de 2013, 16:11

A protagonista da saga Crepúsculofoi capa da edição de janeiro da revista V e falou sobre a sua profissão.
Apesar de ser uma das mais conhecidas atrizes do momento e a segunda maisrentável de Hollywood, Kristen Stewartconfessou que a experiência de se ser outro é algo estranho.
“É uma coisa estranha querer fingir quese é outra pessoa. E depois tens todas aquelas outras pessoas a ver-te fazerisso”, afirmou a atrizdurante a entrevista.
Kristen Stewart falou ainda de como encara a vida: “Apercebi-me de que, se construirmos muros, fechamo-nos para a vida. Não podemos ver para fora dessas barreiras e as outras pessoas não conseguem ver para dentro. Por isso, tornei-me confortável em lidar com os meus medos. Não se trata de não ter medos, mas de os enfrentar e usar".
Em relação ao futuro acrescentou: "Não estou fechada a nada. Era o que eu dizia antes em relação aos muros. Não me quero privar de nenhum bocadinho da vida".
Kristen aproveitou a ocasião para falar do seu novo filme Pela estrada fora, no qual interpreta ajovem Marylou que viaja pelos EUA com o noivo Dean Moriarty (Garret Hedlund) eacaba por conhecer o escritor Sal Paradise (Sam Riley) que abala a sua vida. Aatriz contou que queria muito o papel e que ficou encantada quando soube queiria interpretar Marylou.
“Até realmente conhecermos a mulherpor detrás da personagem, é difícil ligar os pontos. Eu sou uma rapariganormal, contemporânea, sensível e é difícil tentar criar empatia com alguém queparece ter falta de empatia”, explicou Kristen acerca da sua personagem.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras