Nas Bancas

Clara Ferreira Alves mostra ‘Estado de Guerra’ aos amigos

“A Clara é das pessoas mais cultas que conheço.” (Francisco Pinto Balsemão)

Redação CARAS
21 de dezembro de 2012, 11:00

Licenciou-se em Direito, mas cedo deixou que a paixão pela escrita a conduzisse. Décadas depois, Clara Ferreira Alves é reconhecida como jornalista, crítica literária, escritora e apresentadora de televisão (continua a assinar uma crónica no jornal Expresso e participa no programa O Eixo do Mal, na SIC Notícias). A apresentação do seu quarto livro, Estado de Guerra, que condensa dez anos de prosa, reuniu diversas personalidades no Centro Cultural de Belém. “Foi muito difícil escolher os textos, pois em dez anos escrevi milhares deles. O título tem a ver com um estado mental, de perplexidade e combate que deve presidir a todo o pensamento crítico. Nada tem a ver com o estado do país, mas sim com o conteúdo dos textos selecionados. Ao fim de tantos anos não começo um texto sem ansiedade e acho que isso é fundamental”, explicou a autora.
A apresentação da obra coube a Francisco Pinto Balsemão, que elogiou as qualidades jornalísticas e humanas da autora: “A Clara merece este dia e muito mais. Os textos escolhidos revelam uma preocupação de intervenção, de incisão cirúrgica, de não passar abulicamente ao lado do tema em análise. Sobre a sua qualidade literária está tudo dito pelo seu reconhecimento... A Clara é das pessoas mais cultas que conheço, com uma intuição louvável.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras