Nas Bancas

Maria Guedes eliminou os saltos agulha do seu guarda-roupa desde que foi mãe

A estilista e ‘blogger’ foi convidada a criar vestidos para a final da 1ª Edição do Sephora Parfum Masters, que decorreu no C. C. Colombo. À margem desse evento, falou com a CARAS sobre a experiência da maternidade.

Redação CARAS
22 de dezembro de 2012, 18:00

Às vezes é arrojada,sensual, feminina, como os vestidos que criou para a final da 1.ª Edição doSephora Parfum Masters. Mas o que Maria Guedes gosta mesmo de ser é “umamulher de linhas mais simples, prática, cómo­da e confortável”,especialmente desde que foi mãe. À margem deste evento, que aconteceu no CentroComercial Colombo, a blogger e estilista contou-nos que desde que Manuelnasceu, há nove meses, a sua vida mudou, tal como o seu guarda-roupa: “Jáfiz uma limpeza ao meu roupeiro e já não existem saltos agulha. O que interessaé andar com roupas cómodas que deem para andar de um lado para o outro ebrincar com o meu filho. Estou a adorar a experiência de ser mãe. O Manuel é aminha paixão. Todos os dias fico a olhar para ele e ‘babo-me’ com qualquercoisa que ele faça. Não estava à espera de gostar assim tanto, mas estou a amare espero poder ser mãe outra vez.”
Apesar de não se ajeitar muito a costurar, Maria diz que se diver­tiu muito afazer este projeto, que se tornou um verdadeiro desafio. Primeiro, pelotrabalho de execução, depois, porque fez quase tudo a partir de casa, ondeestava com o filho: “Distraía-me tanto com o Manuel e acabava por ter detrabalhar mais à noite. Prefiro estar no meu atelier. Não consigo estarem casa a trabalhar com o Manuel lá, sinto-me mal por ele estar ali ao meu ladosem eu lhe dar atenção. E depois, ao fim do dia, regresso a casa para brincarcom ele, dar-lhe banho, o jantar... Isso faço questão de fazer sempre.”
Outra coisa que a estilista faz questão de manter desde que foi mãe é uma noitesemanal para si e para o marido, sem o bebé: “É importante continuarmos anamorar, não nos esquecermos de nós enquanto casal, e uma vez por semana elevai dormir a casa dos avós, para nós irmos jantar, sair um pouco...”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras