Nas Bancas

A viver em Los Angeles há três anos, a atriz, de 32 anos, admite que tem lutado muito para concretizar o desejo de ver o seu talento para a representação ser reconhecido na cidade do cinema por excelência.

A viver em Los Angeles há três anos, a atriz, de 32 anos, admite que tem lutado muito para concretizar o desejo de ver o seu talento para a representação ser reconhecido na cidade do cinema por excelência.

Paulo Jorge Figueiredo

Leonor Seixas de passagem por Lisboa

“Trabalhar na América não era um sonho antigo, era o único sonho”

Cláudia Alegria
16 de dezembro de 2012, 12:00

Há três anos, Leonor Seixas fez as malas e partiu para Los Angeles atrás do seu único sonho: viver e trabalhar como atriz nos EUA. “Tem sido uma luta enorme porque saio de uma vida de dez anos de trabalho e, quando chego, tenho de começar praticamente do zero. Apesar de levar uma bagagem de experiência, estou num país onde ninguém me conhece, a competir com o quádruplo das pessoas, no sítio mais incrível que poderia estar. É começar do zero, mas eu gosto disso. Fui porque quis, ninguém me obrigou, e tenho adorado viver em Los Angeles”, revelou a atriz à CARAS poucas horas depois de ter aterrado no aeroporto de Lisboa, quando a encontrámos na apresentação das pulseiras  Alex and Ani, que decorreu no Bairro Alto Hotel. “Amanhã vou para Londres, onde tenho algumas reuniões marcadas, e depois regresso a Portugal para passar o Natal e a passagem de ano, coisa que não faço há muitos anos. Preciso imenso de estar com a minha família e os meus amigos. É importante voltar à base”, assegurou Leonor, revelando sentir-se “feliz, realizada, a con­cretizar sonhos, a aprender, a evoluir e a melhorar” com esta experiência de vida em Hollywood.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras