Nas Bancas

Decoradores mostram como se vive o Natal no Palácio

‘Pratas no Palácio’ foi o mote para as propostas apresentadas.

Marta Mesquita
4 de dezembro de 2012, 23:00

Várias caras conhecidas da decoração nacional aceitaram o convite da Topázio e do Hotel Palácio Estoril e participaram na exposição Pratas no Palácio. Inspirados pelo Natal, Ana e Pedro Seiça Ramos, Paula Laranjo e Vera Moreira (da Branco sobre Branco), Catarina Rosas, Cláudia e Catarina Soares Pereira (da Casa do Passadiço), Cristina Jorge de Carvalho, Cristina Santos e Silva, Dino Gonçalves, Fernando Hipólito, Manuela Roxo, Maria Barros, Paulo Piteira, Pedro Guimarães, Carmo Aranha e Rosário Tello (da Sá, Aranha & Vasconcelos), Teresa Martins e Tereza Prego apresentaram 14 ambientes de festa, abrilhantados com a ‘prata da casa’. “A ligação entre a Topázio e o Hotel Palácio é quase óbvia, porque partilhamos a mesma visão da estética. A prata está sempre na moda e é um metal extraordinariamente bonito e quente. O que nos mostram as tendências é que se deve misturar peças modernas com outras de design clássico. E temos aqui nestas propostas vários exemplos dessa mistura  que resul­tam lindamente”, explicou Rosário Pinto Correia, a representante da Topázio nesta exposição.
Francisco Corrêa de Barros, diretor geral do Hotel Palácio Estoril, também elogiou a combinação entre o ambiente palaciano, o Natal e as pratas: “Fizemos este género de exposições durante vários anos, mas entretanto parámos e só agora decidimos recuperar essa tradição. As pratas da Topázio são maravilhosas e foi ótimo ver algumas das suas peças mais antigas e emblemáticas misturadas com as que foram feitas de propósito para esta exposição. Penso que a utilização da prata resultou na perfeição nos 14 ambientes apresentados.”
Cristina Santos e Silva foi uma das profissionais que participaram na iniciativa. “Quis criar um ambiente natalício discreto, de acordo com a época em que vivemos. É uma proposta com alguma discrição e contenção, mas que não perde o seu carácter palaciano. Claro que as pratas estão em evidência, mas aparecem misturadas com peças muito modernas. No que diz respeito às minhas propostas de decoração, tento sempre conciliar o passado com o presente, a modernidade com o classicismo. Gosto muito destas duas simbioses. O ecletismo está sempre presente nas minhas obras”, explicou a arquiteta e designer de interiores.
Teresa Martins, que também é conhecida pelo trabalho que tem desenvolvido na área da moda, desvendou a sua fonte de inspiração: “Inspirei-me no tema das raízes e o espaço que criei pertence a alguém que tem uma história de vida. Para mim, este espaço é o de um homem que trabalhava nesta área criativa das pratas. É alguém que está fisicamente só, mas que está acompanhado das suas memórias, dos santos que o protegem e dos romances que viveu com os seus antigos amores. É um espaço que recorda aquilo que é realmente importante na vida.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras