Nas Bancas

Sharam Diniz, a luso-angolana que conquistou Nova Iorque

Aos 21 anos, a manequim não esconde que luta para concretizar os seus sonhos.

Ana Oliveira
2 de dezembro de 2012, 10:00

Nascida em Angola e com dupla nacionalidade angolana e portuguesa (tem um avô português e parte da família ainda vive no nosso país, além de os pais cá manterem uma casa), a manequim Sharam Diniz, de 21 anos, está a conquistar terreno a nível internacional. Depois de ter participado na exclusiva Semana da Moda de Nova Iorque, conseguiu integrar o apetecível lote de modelos que desfilam com asas de anjo para a Victoria’s Secret num espetáculo cuja transmissão televisiva é vista por milhões de pessoas em todo o mundo. Filha de um engenheiro civil e de uma assistente de bordo que chegou também a participar em desfiles, Sharam começou a sua carreira em Luanda, onde é uma autêntica celebridade. Decidiu então tentar a sorte em Portugal, onde a L’Agence lhe abriu as portas de uma carreira internacional. A partir daí, foi só somar sucessos.
Independência e perseve­rança são características que a distinguem – “acho que para vencer no mundo da moda é preciso ser honesto e ter personalidade, pois é isso que nos distingue”, defende –, pelo que encara com naturalidade o facto de ter ido sozinha para Nova Iorque, depois de já ter estudado Events Management em Londres. “Ter vindo para Nova Iorque viver e estar sozinha ajudou-me a crescer como mulher, mas não deixo de ter o apoio diário dos meus pais. Falo com eles praticamente todos os dias. Tenho uma família grande e damo-nos todos bem, graças a Deus”, conta-nos numa troca de e-mails, apenas alguns dias depois de ter desfilado com os ‘anjos’.
– Desfilar para a Victoria’s Secret é um momento relevante na carreira de uma manequim. Sentiu-se intimidada ou conseguiu descontrair e aproveitar o momento?
Sharam Diniz – Em momen­to algum estive nervosa, a não ser antes de saber se seria confirmada. Tudo o resto foi apenas felicidade e muita ansiedade, a simpatia das ‘angels’ mais antigas, como Adriana Lima, Alessandra Ambrosio ou Candice Swanepoel, ajudou-me a descontrair. Mas sei que o show tem visibilidade no mundo inteiro e é muito exclusivo, por isso, participar nele é, mais do que um privilégio, uma bênção.
– Tomou alguns cuidados especiais para estar em forma antes do desfile ou manteve apenas os seus hábitos? Sendo jovem, não deve precisar de grandes dietas...
– Tenho uma rotina diária de ir ao ginásio e juntei-lhe uns extras, como massagens e tratamento facial, antes do desfile. Confesso que se comer muita junk food engordo, mas habituei-me a comer de forma saudável. E uma vez por semana abuso e como tudo o que quero.
– Sei que passa a maior parte do tempo a viajar. Lida bem com as saudades da família?
– Não tenho outra escolha a não ser lidar com isso, mas sempre que posso desloco-me ou um dos membros da minha família, como a minha prima ou a minha mãe, vão ter comigo onde estiver. Na época de Natal e passagem de ano vou sempre a Angola matar saudades.
– Parece ser voluntariosa e ter objetivos profissionais bem definidos...
– Sim, sou bastante sonhadora e guerreira, gosto de concretizar os meus sonhos e luto por isso.
– Sei que em Angola é uma celebridade. Como encara a exposição mediática?
– Lido bem com isso, gosto de ser abordada e reconhecida, tirar fotografia com os fãs e ouvir o que eles pensam de mim. Acho que é uma consequência do trabalho que faço ter pessoas a seguirem os meus passos profissionais. Já experimentei algumas situações mais ‘estranhas’, mas tento manter a fronteira entre a minha vida profissional e a minha vida privada.
– Imagino que tenha uma vida muito ocupada e que esteja muito focada no trabalho num momento tão decisivo para a sua carreira, mas consegue ter tem­po para namorar? Tem algu­ma relação séria?
– Não tenho e não gosto de relacionamentos à distância, isso não tem resultado comigo.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras