Nas Bancas

Ewa Kubik fala da detenção do sogro, o 'chef' Michel da Costa

A empresária tem apoiado incondicionalmente o marido, o ‘chef’ Olivier da Costa desde que o pai deste, o ‘chef’ Michel, foi detido, a 30 de outubro.

Redação CARAS
28 de novembro de 2012, 11:00

O chef Michel foi detido no passado dia 30 de outubro, acusado de fraude fiscal, branqueamento de capitais e associação criminosa, num processo que corre termos em Paris. Duas semanas depois, a CARAS encontrou Ewa Kubik, mulher do chef Olivier e nora de Michel, na exposição de pintura de Chris Hawtin, na Galeria Art Lounge, e esta falou-nos da forma como a família está a lidar com este processo: “Não há reações possíveis, porque é um momento difícil, mas sou muito otimista. Não temos ainda conhecimento das acusações, além do que saiu na imprensa, e o Olivier foi hoje [14 de novembro] visitar o pai, para perceber o que se está a passar. São acusações graves, mas não sei se são verdadeiras. O Olivier pôs logo os advogados a tratar de tudo, mas não sabemos quanto tempo vai demorar. Para o Olivier é muito complicado ver o pai ser acusado e fica triste, como filho, por ver o seu nome associado.”
Como seria de esperar, a principal preocupação de Ewa são os filhos, Lucas e Mateus: “Eles souberam pelos colegas na escola e não foi fácil. Tentei explicar-lhes o que se estava a passar, mas não tudo, como é natural. E em casa não falámos mais no assunto.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras