Nas Bancas

Carla Bruni na capa da 'Vogue'

Carla Bruni na capa da 'Vogue'

DR

Carla Bruni defende os direitos dos homossexuais

A antiga primeira-dama deu uma entrevista à 'Vogue', na qual assume ser a favor do casamento 'gay' e da adoção por casais homossexuais.

Redação CARAS
27 de novembro de 2012, 15:49

Agora que já não é a primeira-dama francesa, Carla Bruni decidiu falar mais abertamente acerca de determinados assuntos e foi em entrevista à Vogue que manifestou a sua opinião acerca dos direitos dos homossexuais. "Sou a favor do casamento homossexual e da adoção. Tenho muitos amigos, homens e mulheres, que estão nessa situação e não vejo nada de instável nem de perverso nas famílias com pais do mesmo sexo", assegurou a mulher de Nicolas Sarkozy.
A cantora e modelo, que regressou agora à sua vida profissional, não quis comentar os rumores que falam da possibilidade do marido regressar à vida política: "A aventura foi bonita, mas agora quero voltar a viver como uma cidadã igual às outras. Este mundio enriqueceu-me muito em termos humanos, abriu-me os olhos e o espírito, mas no fundo não é o meu", afirmou.
Carla Bruni diz ainda que não é “militante feminista” e assume o seu lado burguês: “A minha geração já não tem necessidade de ser feminista, as pioneiras já abriram esse caminho. Adoro a minha vida familiar, de fazer as mesmas coisas todos os dias, de ter um marido. Sou uma verdadeira burguesa”.
A antiga primeira-dama vai lançar o seu quarto álbum em 2013 e, entretanto, regressou à sua carreira de modelo ao ser protagonista de uma campanha publicitária.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras