Nas Bancas

Renato Seabra

Renato Seabra

Reuters

Julgamento de Renato Seabra: Alegações finais previstas para esta quarta-feira

O jovem modelo está a ser julgado pelo homicídio de Carlos Castro.

Redação CARAS
26 de novembro de 2012, 14:46

Renato Seabra poderá conhecer em breve a sua pena pelo homicídio do cronista social Carlos Castro. A última testemunha do caso, o psiquiatra Roger Harris, termina o seu depoimento amanhã e, tal como já tinha sido noticiado na semana passada, a procuradoria prevê que as alegações finais aconteçam já na quarta-feira, dia 28.
Esta será também a última oportunidade para a defesa de Seabra, liderada pelo advogado David Touger, defender a tese de que o seu cliente cometeu o crime na sequência de um surto psicótico, pelo que não deve ser condenado.
No final, os 12 jurados poderão rever todas as provas e relembrar os depoimentos para depois decidirem se o modelo de Cantanhede, de 23 anos, estava ou não consciente da natureza e consequência dos seus atos durante o crime. A decisão terá de ser unânime e poderá levar apenas alguns minutos ou semanas a ser tomada. Se for considerando culpado, Renato Seabra poderá cumprir uma pena entre os 15 e os 25 anos e a prisão perpétua.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras