Nas Bancas

Vale e Azevedo

Vale e Azevedo

Mário Galiano

Supremo Tribunal recusa libertação imediata de Vale e Azevedo

Pedido de 'habeas corpus' indiferido.

Lusa
21 de novembro de 2012, 16:52

O Supremo Tribunal de Justiça recusou hoje o terceiro pedido de libertação imediata ("habeas corpus") de João Vale e Azevedo, extraditado para Portugal a 12 deste mês, depois de quatro anos e meio retido em Londres.
A decisão da 5.ª Secção do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) foi tomada hoje por unanimidade.
O segundo pedido de "habeas corpus" foi rejeitado a 07 novembro, enquanto um primeiro, interposto a 16 de outubro, nem sequer foi apreciado, uma vez que o vice-presidente do STJ determinou o seu arquivamento.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras