Nas Bancas

Duarte Lima

Duarte Lima

D.R.

Advogado de Duarte Lima entende que prisão domiciliária não deve ser mantida

O antigo deputado do PSD foi acusado de burla qualificada e branqueamento de capitais.

Lusa
18 de novembro de 2012, 13:55

O advogado de Duarte Lima, acusado de burla qualificada e branqueamento de capitais no sábado, disse hoje que a medida de coação a aplicar ao ex-líder parlamentar do PSD deve "ser menos gravosa" do que a atual prisão domiciliária.
O Ministério Público (MP) propôs ao juiz Carlos Alexandre a manutenção de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, a Duarte Lima, mas o advogado Artur Soares da Veiga entende que "a investigação acabou" e que o pressuposto que levou à determinação da medida preventiva restritiva de liberdade "está ultrapassado".
"Não deveria ser a mesma, porque o argumento importante que o MP argumentava, que era o perigo de perturbação do inquérito, já se esgotou com o despacho de acusação, entregue no sábado", disse Artur Soares da Veiga à agência Lusa, admitindo o pedido de abertura de instrução do processo depois de o consultar.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras