Nas Bancas

145502741.jpg

Getty Images

Peaches Geldof fala sobre a experiência de ser mãe

A modelo revelou que o nascimento do primeiro filho, Astala, fez dela uma pessoa melhor e disse ainda que se sentiu "renascer" com a chegada deste novo membro à sua família.

Redação CARAS
7 de novembro de 2012, 16:34

Peaches Geldof recordou, em entrevista à revista Elle, alguns dos momentos mais complicados da sua vida. A modelo relembrou as dificuldades que enfrentou quando os pais decidiram divorciar-se, bem como a morte da mãe quando tinha apenas 11 anos, e revelou que o facto de ter sido mãe recentemente a transformou numa nova pessoa. Astala, de sete meses, é fruto da união da modelo com o cantor Thomas Cohen, que se casaram setembro último.
“Sentia-me velha e cansada mesmo quando era uma adolescente. Estar com o Thomas e ter o Astala foi muito bom para mim, agora sinto-me realmente jovem”, afirmou Peaches. “O nascimento do Astala foi um renascimento para mim, nunca pensei que me fizesse tão bem. Faltava-me esta 'peça' na minha vida para tudo começar a fazer sentido. O divórcio dos meus pais foi o pior que me aconteceu e afetou todo o resto da minha vida. Mesmo que seja uma ideia arcaica, quero ter o meu filho e o pai juntos para sempre. É um compromisso. Eu quero ser uma boa esposa, uma boa mãe e uma boa pessoa”, acrescentou.
Recorde-se que Peaches Geldof foi casada com o músico Max Drummey, de quem se separou-se em 2010.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras