Nas Bancas

Personalidades evocam memórias comuns na festa de aniversário do Liceu Francês

“Adorei estudar ali e fiz grandes amizades.” (Maria João Salgado)

1 de novembro de 2012, 18:00

Muitos foram os antigos alunos do Liceu Francês Charles Lepierre que celebraram o 60.º aniversário da escola no Centro Cultural de Belém. O reencontro com amigos de juventude proporcionou um desfiar de memórias comuns com uma característica dominante: a liberdade de pensamento e o incentivo para as artes, política e literatura.
Eduardo Ferro Rodrigues frequentou o liceu entre 1953 e 1967 e guarda as melho­res recordações: “Só estudei nesta escola e tenho recordações magníficas que tiveram a ver com a minha formação ao nível cultural, mas também afetivo, com muitas namoradas [risos]. Dava algum trabalho aos professores, sobretudo a partir dos 14, 15 anos, e mantenho várias amizades desta altura.”
Também Inês de Medeiros fez questão de estar presente e foi com alguma saudade que recordou os 12 anos que estudou no liceu, tal como a irmã mais velha, a atriz Maria de Medeiros: “Todas as minhas memórias de infância e adolescência são de lá. O liceu foi o grande formador da pessoa social e cívica que sou. Era um local que nos estimulava bastante a refletir e a colocar questões.”
Maria João Salgado é também uma antiga estudante e de tal forma admira o método de ensino aplicado na escola que fez questão de ter lá os netos. “Na altura em que os meus filhos estavam na escola, nós estávamos fora do país, por causa do 25 de Abril, por isso eles não estudaram no liceu, mas os meus netos já lá andam e sinto-me muito orgulhosa. Adorei estudar ali e fiz grandes amizades. Era um ambiente culturalmente fantástico.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras