Nas Bancas

Joana Ribeiro: Uma atriz que não se deixa deslumbrar

Enquanto se preparava para desfilar na ModaLisboa pela Adidas, a atriz conversou com a CARAS e revelou um pouco mais sobre si.

Marta Mesquita
24 de outubro de 2012, 11:00

Joana Ribeiro, de 20 anos, é a atriz sensação da novela da SIC, Dancin’ Days. Não obstante o sucesso que já alcançou com este papel de estreia e de querer continuar a apostar na área da representação, a atriz mantém os pés bem assentes na terra e garante que não se deslumbra com a fama. A par da sua realização profissional, Joana também vive um namoro feliz, do qual prefere não adiantar muitos pormenores.
Momentos antes de desfilar para a Adidas, no terceiro dia da ModaLisboa, Joana Ribeiro conversou com a CARAS e revelou como tem vivido todas as mudanças que têm ocorrido na sua vida desde que integrou o elenco de Dancin’ Days.
– Está entusiasmada por ir desfilar na ModaLisboa?
Joana Ribeiro
– Ainda não me ‘caiu a ficha’, estou a ver muita gente e começo a ficar mais nervosa. Sou muito trapalhona até a andar de sapatos rasos, quanto mais de saltos altos! Mas na passe­relle não tenho de fingir que sou manequim, posso ser eu mesma.
– E quem é a Joana de todos os dias?
– É uma miúda normal. Não gosto de dar nas vistas e faço as coisas que uma pessoa de 20 anos faz. A minha vida é completamente normal.
– Continua a ser a mesma pessoa, mas a sua vida mudou bastante desde que se estreou na novela...
– Tenho lidado bem com as mudanças que têm ocorrido na minha vida. É o meu trabalho, tenho um horário de entrada e de saída. A única coisa que mudou na minha vida foi mesmo o facto de agora as pessoas me reconhecerem na rua. Normalmente são as crianças que me abordam e me chamam pelo nome da personagem: “Mariana, Mariana”. As pessoas têm sido queridas comigo. De resto, continuo a ser a mesma pessoa e a dar-me com os amigos de sempre.
– É fácil não se deslumbrar com o sucesso que está a ter?
– Não sou uma pessoa que se deslumbre facilmente. Fui educada assim e preservo essa atitude. Tenho muita sorte por estar a fazer aquilo que gosto, mas é um trabalho como outro qualquer. Não há motivo para haver deslumbramentos.
– Profissionalmente, quer continuar a apostar na representação?
– Quero voltar a estudar, mas na área da representação. Acho que vai ser importante ter a base teórica que os estudos dão. Só não sei ainda que curso quero fazer. Também tenho de aguardar para ver que propostas poderão seguir-se a Dancin’ Days e logo vejo se dá para conciliar tudo. Vivo um dia de cada vez. Agora estou concentrada em fazer bem a Mariana, depois, logo se vê.
– Vive muito o presente ou também gosta de fazer planos?
– Claro que tenho alguns pla­nos ou desejos, mas prefiro não pensar muito nisso, porque não sei se vão mesmo acontecer. Tenho de aproveitar o que me está a acontecer agora.
– Neste desafio de se tornar atriz, tem contado com o apoio da sua família?
– Sim, sem dúvida. A minha família tem-me apoiado imenso.
– Quais os valores que lhe foram transmitidos pelos seus pais e que mais preserva?
– Ser uma pessoa humilde, que não se deslumbra com o sucesso nem muda a sua maneira de ser. Uma das coisas que mais tenho apreciado em tudo isto é sentir que continuo a ser a mesma pessoa.
– Sendo uma das protagonistas da novela, tem um horário muito preenchido. Consegue ter tempo para a vida pessoal?
– Não sinto que tenha menos tempo para a minha família e amigos. Mesmo quando era estudante, não estava com os meus amigos todos os dias. Portanto, nesse campo, nada mudou.
– E tem tempo para se dedicar ao seu namorado?
– Sim, continuo muito feliz.
– Imagino que ele seja um apoio importante nesta fase...
– Sim, ele apoia-me muito.
– Que balanço faz da sua participação em Dancin’ Days?
– Estou a adorar. É um projeto muito especial, do qual gostei desde o início. Sinto-me a pessoa mais sortuda do mundo!
– A Joana tem cuidados para manter a linha, ou não precisa?
– Como de tudo! Sou maluca por chocolates e por pão e por isso não posso dizer que tenha muito cuidado com a linha. Quando tenho mais tempo, faço ginásio. Gosto particularmente das aulas de grupo. Agora, tenho de começar a preocupar-me mais com isso. Sei que na minha profissão tenho de ter cuidado com a aparência e com a pele.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras