Nas Bancas

Paulino Girante e Gabriela Albuquerque

Paulino Girante e Gabriela Albuquerque

Catarina Larcher

Gabriela Albuquerque reencontrou o amor: "Nunca acreditei que fosse possível, estou muito feliz"

A viúva do professor catedrático de Direito Ruy Albuquerque, refez a sua vida junto de Paulino Girante, que conheceu num jantar de amigos, há quatro meses.

Andreia Cardinali
24 de outubro de 2012, 17:00

Após a morte, há quatro anos, do marido, o professor catedrático de Direito, Ruy Albuquerque, com quem partilhou a vida durante 54 anos, 48 dos quais casada, Gabriela Albuquerque acreditou que a sua vida sentimental tinha terminado. Mas a verdade é que Gabriela voltou a encontrar o amor junto de Paulino Girante, reformado, de 72 anos, com quem namora há quatro meses. "É uma delícia estar assim. É muito triste uma pessoa viver sozinha e eu sinto-me muito bem, como se tivesse 20 anos. Estou cheia de borboletas na barriga e às vezes até me sinto tola com o que estou a sentir [risos]. Nunca acreditei que fosse possível. Estou muito feliz."
A família, nomeadamente os filhos de Gabriela, Alexandre, Isabel, Pedro e André, e os 11 netos,  teve alguma dificuldade em aceitar a relação, mas tudo se resolveu, como conta: "No iní­cio não reagiram bem, mas agora tudo está a seguir o seu rumo e eles querem é que eu esteja bem."
Igualmente apaixonado, Pau­lino Girante acredita que o amor deve ser vivido em todas as idades: "O amor vence todas as barreiras. Deixar de acreditar no amor é um erro terrível, as pessoas devem acreditar que é possível até à morte. Já não temos preocupações profissionais e agora o tempo que temos é para dedicar um ao outro."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras