Nas Bancas

Eduardo Beauté e Luís Borges felizes com conquista da proteção de Bernardo

Juiz do Tribunal do Barreiro confiou-lhes decisões relacionadas com a vida do menino no seguimento do processo de promoção e proteção do menor

Cláudia Alegria
21 de outubro de 2012, 12:00

Desde que Bernardo entrou nas suas vidas, em agosto do ano passado, Eduardo Beauté e Luís Borges sentem-se pessoas mais felizes e completas. No entanto, a decisão de acolher e ajudar um menino com um diagnóstico de trissomia 21 e um historial familiar complicado não foi tomada de ânimo leve: ambos estavam conscientes das dificuldades que iriam enfrentar, mas estavam dispostos a lutar pela felicidade da criança.
Ao longo do último ano, o ca­beleireiro e o modelo têm tentado proporcionar o melhor a Bernardo – hoje com dois anos e meio –, inclusive o acompanhamento médico especializado de que necessita e que levou, na altura, o Ministério Público a interpor no Tribunal do Barreiro um proces­so de promoção e proteção do menor, já que considerava que este estava em risco.
“Não fosse o interesse deles e muito provavelmente este menino ia parar a uma instituição”, afirma Luís Belo dos Santos, advogado do casal, que descreve a decisão do tribunal relativa a esse processo, lida no dia 3 de outubro, como um “poder paternal mitigado”, já que é “provisório, válido no máximo por 18 meses, e sujeito a um controlo muito apertado de todas as instituições que levaram à decisão do tribunal. No caso de haver alterações, tudo pode ser reformulado”. Por isso, e por não ser possível a adoção em Portugal por casais homossexuais, o advo­gado interpôs no Tribunal de Lisboa uma ação de regulação de poder paternal a favor de terceira pessoa, que aguarda marcação de julgamento, e cuja decisão se pode prolongar até o menor completar 18 anos. Enquanto isso, Eduardo e Luís continuam empenhados em proporcionar momentos de bem-estar ao menino, hoje com dois anos, tal como se pode comprovar nas fotografias que aqui publicamos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras