Nas Bancas

Yekaterina Samutsevich

Yekaterina Samutsevich

Reuters

Tribunal liberta uma das Pussy Riot e mantém pena de prisão para outras duas

Yekaterina Samutsevich foi libertada.

Lusa
10 de outubro de 2012, 14:53

A justiça russa libertou hoje um dos elementos do grupo "Pussy Riot" e confirmou a pena de prisão de duas outras jovens que, em fevereiro, cantaram uma "oração punk" contra o presidente russo, Vladimir Putin, numa catedral de Moscovo.
"Libertar imediatamente" Yekaterina Samutsevich, cuja pena foi suspensa, declarou a presidente do tribunal.
As penas das duas outras mulheres, Natália Tolokonnikova e Maria Alekhina, foram "mantidas sem alterações", acrescentou, no final do julgamento do recurso.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras