Nas Bancas

Maria Elisa Domingues apresenta livro e recorda a mãe, Maria Elisete

José Manuel Silva, Bastonário da Ordem dos Médicos, e a jornalista Maria Antónia Palla apresentaram o livro.

Redação CARAS
2 de outubro de 2012, 11:20

Um mês e meio após a morte da mãe, Maria Elisa Domingues lançou o livro Amar e Cuidar, no qual fala da experiência que viveu durante os dois anos em que cuidou de Maria Elisete, vítima de cancro de mama, e onde partilha também as histórias de 14 doentes oncológicos.
Ainda a recuperar desta perda na sua vida e da saudade que sente diariamente da mãe, a jornalista contou por que sentiu necessidade de escrever este livro: “Já tinha um projeto de natureza política em mãos, mas entretanto tive de o pôr de parte, pois a minha mãe ficou doente. Nessa altura em que me transformei de um dia para o outro em cuidadora, senti a necessidade de me orientar com alguma literatura sobre a doença e não encontrei nada em Portugal. Pensei que era útil transmitir aquilo que fui aprendendo e os vários passos das minhas próprias dificuldade e angústias.”
Maria Elisa assegurou que em momento algum este livro serviu de catarse para o que estava a sentir, até porque a mãe só morreu depois de o ter terminado: “A melhor catarse de todas foi ter a possibilidade de acompanhar a minha mãe até ao fim. Não há neste livro uma palavra que tenha a ver com a morte da minha mãe, até porque ela venceu tantas crises que convenci-me de que iria durar muitos mais anos. Lida-se muito mal com a saudade e acho que ainda não caí em mim. Este livro agora tem outro significado, é também uma homenagem à minha mãe.”
Na apresentação, no El Corte Inglés, a jornalista contou com a presença de familiares e amigos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras