Nas Bancas

Rupert Everett

Rupert Everett

Getty Images

Rupert Everett confessa: "Não consigo imaginar nada pior do que ser criado por dois pais"

Alguns grupos defensores dos direitos dos homossexuais estão a atacar o ator, de 53 anos, por esta afirmação.

Redação CARAS
20 de setembro de 2012, 11:06

Rupert Everett, de 53 anos, está a deixar a comunidade homossexual agitada depois de ter dito, em uma entrevista que não concorda que os casais gays tenham filhos. "Não consigo imaginar nada pior do que ser criado por dois pais. E não falo em nome da comunidade gay. Aliás, eu não me sinto parte de nenhuma comunidade. A única comunidade a que pertenço é a humanidade e temos demasiadas crianças no nosso planeta, por isso é bom não ter mais", disse o ator, que assumiu a sua homossexualidade em 1987.
Ben Summerskill, do grupo defensor dos direitos dos homossexuais Stonewall, reagiu a estas afirmações do ator: "O Rupert devia sair mais e analisar os factos. Não há provas de que as crianças dos pais homossexuais sofram pela maneira como são criados ou que isso afete o seu desenvolvimento".
Estas declarações podem incomodar alguns casais de pais famosos como Elton John e David Furnish, pais de Zachary, de 20 meses, Neil Patrick Harris e David Burtka, pais dos gémeos Gideon e Harper, de 23 meses, e Ricky Martin, que é pai de Valentino e Matteo, de quatro anos, e namora com Carlos Gonzalez Abella.
Em 2009, o ator também tinha dado uma entrevista na qual aconselhava os jovens atores a não assumirem a sua homossexualidade: "Não resulta. Vão conseguir gerir essa situação durante algum tempo, mas à primeira coisa dispensam-te. A verdade é que ser gay nesta profissão não resulta".

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras