Nas Bancas

Gary Barlow atua nos Jogos Olímpicos uma semana depois da filha ter nascido morta

O cantor tinha anunciado que a filha, Poppy Barlow, nasceu morta a 4 de agosto. Apesar do sofrimento, Gary Barlow atuou com os Take That e até esboçou um sorriso.

Redação CARAS
13 de agosto de 2012, 14:03

Foi há cerca de uma semana que Gary Barlow perdeu o quarto filho. Poppy Barlow nasceu morta no dia 4 de agosto e o cantor emitiu um comunicado onde confessava que ele e a mulher, Dawn estavam "devastados".
Mesmo assim, Gary Barlow não quis deixar de assumir as suas responsabilidades e compareceu na noite passada no concerto dos Take That, no encerramento dos Jogos Olímpicos de Londres.
Perante os cerca de 80 mil espectadores presentes no Estádio Olímpico, e milhões através da televisão, o jurado do X-Factor, conseguiu esboçar um rápido e fugaz sorriso durante a música Rule The World.
Se durante a atuação o cantor conseguiu esconder a dor, o mesmo não aconteceu nos ensaios antes do concerto onde o cantor, além de pálido, olhava constantemente para o chão.
A banda vestiu roupa preta e dourada com estilo militar e atuou sem o quinto elemento – Robbie Williams - que se encontra nos Estados Unidos a acompanhar a mulher, Ayda Field, que está grávida e na iminência de dar à luz.
Os Take That foram uma das bandas que encerraram os Jogos Olímpicos de 2012. Queen, Jessie J e George Michael também estiveram presentes, mas um dos concertos mais esperados da noite era "o regresso" das Spice Girls.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras