Nas Bancas

Morreu Santos Manuel

O ator morreu no passado domingo, dia 29, aos 79 anos, vítima de pneumonia.

Redação CARAS
1 de agosto de 2012, 14:34

Santos Manuel morreu no passado domingo, dia 29 de julho, aos 79 anos, no Hospital de Cascais, onde se encontrava internado com uma pneumonia. “Estou muito emocionado. O Santos Manuel foi um dos fundadores do TEC [Teatro Experimental de Cascais] e para além de ser um grande actor – teve interpretações notabilíssimas – era também uma pessoa extraordinária, um ser humano muito sensível e um excelente colega”, afirmou Carlos Avillez, diretor do Teatro Experimental de Cascais.
O ator, natural da Figueira da Foz, esteve ligado ao Teatro Experimental de Cascais desde 1960 e foi um dos fundadores da Casa da Comédia, em 1962. Santos Manuel recebeu vários prémios ao longo da carreira, entre eles o de Melhor Interpretação Masculina em teatro e o de Melhor Actor do XI Ciclo de Teatro Latino de Barcelona, em 1968, pela peça D. Quixote. Uma das últimas peças em que Santos Manuel participou foi Arsénico e Rendas Velhas, com encenação de Carlos Avillez.
No cinema, entrou em filmes como Cerromaior, de Luís Filipe Rocha, e O Banqueiro Anarquista, de Eduardo Geada, ambos de 1981. Participou também em séries de televisão como Zé Gato (1979) e O Mandarim (1990).

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras