Nas Bancas

Morreu a primeira norte-americana que viajou para o espaço

Sally Ride tinha 61 anos e morreu na sequência de um cancro do pâncreas.

Redação CARAS
24 de julho de 2012, 12:56

Dezassete meses depois de lhe ter sido diagnosticado um cancro no pâncreas , Sally Ride, a primeira astronauta norte-americana que foi ao espaço, morreu. A notícia foi avançada pela fundação da astronauta californiana, The Sally Ride Science, criada em 2001 para fomentar a educação científica, em particular das raparigas. Segundo o site oficial da instituição, “Sally viveu a sua vida ao máximo, com uma energia ilimitada, curiosidade, inteligência, paixão, comprometimento e amor ".
A Casa Branca já emitiu um comunicado a falar da morte da astronauta. “A Michelle e eu estamos profundamente tristes com a morte de Sally Ride. Como primeira norte-americana a viajar para o espaço, Sally foi uma heroína nacional e uma poderosa modelo. Inspirou gerações de jovens raparigas a alcançar as estrelas e, mais tarde, lutou incessantemente para ajudá-las ao defender uma grande aposta na ciência e na matemática nas nossas escolas. A vida de Sally mostrou-nos que não há limites para o que podemos conseguir”, pode ler-se no documento assinado pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, a quem a californiana apoiou nas eleições de 2008.
Recorde-se que há quase 30 anos, em junho de 1983, Sally Ride partiu para o espaço a bordo da segunda viagem do vaivém Challenger da NASA. A então doutorada em Física pela Universidade de Stanford, tornava-se assim na primeira mulher norte-americana e também a pessoa mais nova de sempre, nos EUA, a viajar para o espaço.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras