Nas Bancas

Carlos Cruz

Carlos Cruz

Rui Valido

Advogado de Carlos Cruz vai pedir audição de novas testemunhas no processo Casa Pia

Próxima sessão marcada para 7 de setembro.

Lusa
29 de junho de 2012, 16:00

RicardoSá Fernandes, advogado de Carlos Cruz, admitiu hoje que irá pedir ao Tribunalpara ouvir novas testemunhas na nova produção de prova relativa à repetição dosjulgamento, quanto aos factos ocorridos na casa de Elvas.
O advogado falava à agência Lusa à entrada do Tribunal de Lisboa, onde o processoCasa Pia regressa hoje a julgamento, depois de o Tribunal da Relação de Lisboater mandado repetir a produção de prova relativa aos alegados crimes sexuaiscometidos contra ex-alunos numa vivenda em Elvas.
Sá Fernandes mostrou-se convicto de que, no final desta repetição dojulgamento, se fará prova da inocência de Carlos Cruz, e disse esperar que hajamaior celeridade na realização desta nova análise dos factos pelo tribunal.
Advogada de Hugo Marçal vai pediraudição de novas testemunhas
A advogada de Hugo Marçal no processo Casa Pia anunciou hoje que vai pedira audição de novas testemunhas na produção de prova relativa à repetição dojulgamento quanto aos alegados crimes ocorridos em Elvas.
À entrada do tribunal onde o processo Casa Pia regressa hoje a julgamento, depoisde o Tribunal da Relação de Lisboa ter mandado repetir a produção de provarelativa aos alegados crimes sexuais cometidos contra ex-alunos numa vivenda emElvas, Sónia Cristóvão disse não fazer ideia do tempo de duração do novojulgamento.
Por sua vez, Manuel Silva, advogado de Gertrudes Nunes, que não está presentena sessão de hoje, escusou-se a prestar declarações aos jornalistas.
Próxima sessão marcada para 7 desetembro
A próxima sessão do julgamento do caso Casa Pia está marcada para 07 desetembro, dando o tribunal um prazo para os arguidos apresentarem nova produçãode prova.
A marcação desta data para depois das férias judiciais de verão não agradou a RicardoSá Fernandes, advogado de Carlos Cruz, que lembrou que este processo já dura háoito anos e que o apresentador de televisão "tem tido uma vida suspensapor essa razão".
Ricardo Sá Fernandes anunciou que irá solicitar ao Conselho Superior da Magistraturaque, na medida do possível, alivie este coletivo de juízes dos trabalhos quetêm nos tribunais onde estão colocados, de forma a que o julgamento se possaconcluir com brevidade.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras