Nas Bancas

Kim Kardashian confessa-se a Oprah Winfrey

A 'socialite' americana esteve no programa ‘Next Chapter’, onde falou sobre o casamento fracassado com Kris Humphries, o vídeo onde aparece em momentos íntimos com um antigo namorado e sobre a sua vida amorosa atual.

Redação CARAS
20 de junho de 2012, 01:13

Menos de um ano depois de ter terminado a sua relação com Kris Humphries, Kim Kardashian abriu o seu coração a Oprah Winfrey. A curta união entre os dois terminou 72 dias depois do casamento e deixou a estrela de televisão, de 31 anos, destroçada. “Entrei em depressão, fiquei em casa quase quatro meses, mas hoje sou uma pessoa melhor”, referiu Kim, aproveitando para negar os boatos que indicavam que o relacionamento com Kris Humphries tenha sido apenas um golpe de publicidade: “Eu estava apaixonada, queria a vida que sempre tinha imaginado, um conto de fadas. Depois magoámo-nos, eu sei que ele não foi o único, é óbvio que o magoei, mas ele também me magoou muito. Foi uma situação difícil, mas não foi um erro, foi uma lição”, admitiu a estrela, que atualmente namora com o rapper Kanye West.
Kim Kardashian confessou também a Oprah que, aos 14 anos, contou à mãe que estava pronta para perder a virgindade e que esta decidiu que ela devia levá-la a uma consulta de planeamento familiar e começar a tomar a pílula anticoncecional. “Quando decidi ter sexo pela primeira vez, tinha quase 15 anos (…) e disse à minha mãe que estava a pensar ter ou que queria ter relações e ela disse: 'Ok, então vamos tomar precauções. A minha mãe era muito aberta e honesta comigo”, revelou a estrela do reality show Keeping Up with the Kardashians.
Mas a entrevista de Oprah a Kim Kardashian não estaria completa sem se falar do vídeo amador que em 2007 se tornou viral, e no qual Kim aparece a ter relações sexuais com o ex-namorado Ray J.. A socialite contou que se sentiu humilhada no momento em que as imagens foram divulgadas, mas hoje diz que tem consciência que foi este vídeo que impulsionou a sua fama. “Estou consciente de que [o vídeo] foi basicamente o que me apresentou ao mundo”, começa por dizer, antes de acrescentar: “Foi uma [apresentação] negativa, senti que tive de me esforçar dez vezes mais para que as pessoas conhecessem a verdadeira Kim”, afirma a também empresária.
Kim Kardashian acabou ainda por confessar que se sentiu aliviada por não ter de explicar o escândalo do vídeo de sexo ao pai, que morreu vítima de cancro alguns anos antes. E recusa ter estado envolvida na divulgação do vídeo. “Porque havia alguém de lançar esta humilhação sobre si próprio? É algo que fiz e com o qual vou ter de lidar para o resto da minha vida e explicar um dia aos meus filhos. Imaginem a conversa que tive de ter com a minha avó”, garantiu a Oprah.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras