Nas Bancas

Elegância a Norte em festa de aniversário dupla

A Século XIX e a CARAS festejaram juntas os seus 17 anos de existência.

Joana Brandão
20 de junho de 2012, 15:38

O branco predominou na festa do 17.º aniversário Século XIX – CARAS, onde também eram permitidos o vermelho e o dourado. Tons que, ao longo dos anos, serviram de dress code às festas da nossa revista e que, numa só noite, convergiram com elegância e em modelos com assinatura. Da moda à televisão, do mundo empresarial ao social, da política à música, duas mil pessoas fizeram questão de estar presentes no Palácio da Bolsa, um palco privilegiado que marcou o regresso desta festa ao Porto, depois das passagens por Guimarães e Caminha.
A festa está muito gira! Jantei com pessoas fantásticas, diverti-me imenso”, afirmou Elisabete Carvalho, que optou pelo branco, num vestido de Miguel Vieira, sem costas, que conjugou com uns sapatos de plataforma Christian Louboutin, em tom nude. “As mulheres estão elegantíssimas!”, acrescentou, animada.
Satisfeito com a adesão à festa, Joaquim Duarte, da Século XIX, explicou o regresso ao Porto deste aniversário: “Desde que abrimos o L’Kodak que passamos mais tempo por cá e pareceu-nos natural voltar a fazer aqui a festa.” No entanto, adiantou: “É pena não estarmos em Guimarães este ano, já que é Capital da Cultura, mas o importante é reunirmos pessoas bonitas e oferecermos uma festa na qual as pessoas se divirtam e da qual se lembrem ao longo do ano.” Sobre a decoração do Pátio das Nações, sala nobre do Palácio da Bolsa, Joaquim Duarte frisou ainda: “Os tons da CARAS, o vermelho e o branco, e o festivo dourado são sempre o nosso ponto de partida na decoração. Mas a verdade é que esta sala não precisa de grandes elementos, porque é lindíssima.
Antes da abertura da pista de dança, houve tempo para um jantar no restaurante O Comercial, situado no interior do emblemático edifício portuense do século XIX. Um grupo restrito, onde encontrámos  Luís Onofre, que à CARAS referiu: “Vir ao Palácio da Bolsa é sempre um prazer, muito maior quando o convite vem da vossa parte. Tenho uma estima muito grande por vocês todos e espero que continuem a fazer o excelente trabalho que têm feito até hoje.
Também Susana Camelo, que encontrámos na zona VIP, se estava a divertir ao som dos temas selecionados pelo DJ Eduardo Duarte. “A festa está muito animada, tem gente gira e estou com os meus amigos”, afirmou a decoradora, que elegeu o vermelho num vestido com a assinatura de Elsa Barreto e uns sapatos prateados do designer inglês Kurt Geiger. Ao seu lado estava Eugénio Campos, que declarou: “A festa está excelente, com muito glamour, como a CARAS e a Século XIX sempre nos habituaram. Está a ser muito agradável e divertido. Na generalidade, as mulheres estão muito bonitas e elegantes.
Profissionalmente habituado a trabalhar com a beleza, Victor Hugo olhou em seu redor atentamente e afirmou: “Está aqui gente bonita e cuidada. Há muito para fotografar.” Também a mulher do conhecido fotógrafo, a maquilhadora Lucília Lara, considerou “o ambiente muito divertido”. Já o médico Fernando Póvoas considerou que “esta festa é a imagem da revista: tem glamour, elegância e respeito pelos seus convidados”.
Rostos do Porto Canal, Maria Cerqueira Gomes e Carla Ascensão deram um toque de juventude ao 17.º aniversário Século XIX – CARAS. “Está a ser divertido. O jantar foi ótimo, em excelente companhia, e estamos cheias de vontade de ir dançar”, afirmou Carla Ascenção. Já Maria Cerqueira Gomes elogiou a escolha do Palácio da Bolsa para a festa: “Estamos no sítio certo, o ambiente está animado e predominam as cores da CARAS. Tem tudo para ser uma grande festa!” E assim foi, com a animação a prolongar-se até
às seis horas da madrugada.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras