Nas Bancas

Paris Jackson

Paris Jackson

Reuters

Paris Jackson: "Só percebi que o meu pai era o Michael Jackson quando tinha nove ou dez anos"

A filha do rei da 'Pop' deu uma emotiva entrevista a Oprah Winfrey a propósito do terceiro aniversário da morte do cantor.

Redação CARAS
12 de junho de 2012, 15:08

Foi durante uma entrevista a Oprah Winfrey que Paris Jackson, de 14 anos, confessou que a dor de ter perdido o pai, a 25 de junho de 2009, não se torna menor com o passar dos anos. A filha de Michael Jackson falou também da relação com os irmãos, Prince, de 15 anos e Blanket, de nove: “Não tenho uma relação tão próxima com o meu irmão Prince, porque ele agora é um adolescente e quer ser independente. Mas com Blanket é melhor, rimo-nos muito os dois”.
Durante a conversa com a apresentadora, Paris contou também como a sua vida mudou depois da morte do pai, quando deixou de ter aulas em casa e passou a frequentar a escola: "Alguns miúdos chateavam-me, mas eu ignorava-os. E agora, quando sinto que alguém é falso comigo e que quer ser meu amigo por interesse afasto-me dessa pessoa".
A jovem revela ainda que tenta viver uma vida normal divertindo-se com as amigas. “Os seguranças seguem-me por todo o lado e, no início, os meus amigos achavam um pouco estranho, mas agora já acham normal”, conta.
Quando eram pequenos, os filhos de Michael Jackson saiam à rua com máscaras e véus para esconder as suas identidades. Uma atitude que a jovem confessa que a deixava confusa, mas que agora diz entender melhor. “Na altura estava muito confusa e não entendia porque tinha de usar máscaras, mas agora compreendo e sei que a única coisa que o meu pai queria era que quando saíssemos sem ele as pessoas não nos reconhecessem”, explica Paris.
A filha do rei da Pop conta ainda que o pai era muito carinhoso, que lhes preparara o pequeno-almoço, passava muito tempo com os filhos e também os castigava quando era necessário. Paris confessa que sente saudades do pai e que continua a ouvir as suas músicas. Uma das confissões da jovem é que só se apercebeu que o seu pai era famoso quando já era mais crescida: “Só percebi que o meu pai era o Michael Jackson quando tinha uns nove ou 10 anos. Na altura pensei: ‘Uau, é o meu pai!’”
A entrevista foi gravada há algumas semanas na casa da mãe de Michael Jackson, Katherine Esther, de 82 anos, que, depois da morte do cantor ficou com a custódia dos três netos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras