Nas Bancas

‘Amour’, do austríaco Michael Haneke, vence Palma de Ouro

A longa-metragem que conta com a participação de Rita Blanco foi a grande vencedora da 65.ª edição do Festival de Cinema, em França.

Redação CARAS
28 de maio de 2012, 18:04

O realizador Michael Haneke pode orgulhar-se depertencer ao restrito grupo de cineastas que conquistaram duas vezes o prémiomáximo do Festival de Cannes. Depois de em 2009 ter recebido a Palma de Ouropelo filme O Laço Branco, austríaco alcançaagora o galardão com Amour.
A longa-metragem conta a história de um casal octogenário que tem uma vidatranquila até que a mulher sofre um acidente vascular cerebral e tudo sealtera. No elenco, encontra-se a atriz portuguesa Rita Blanco, que faz de porteira do prédio onde habita o casal,interpretado por Jean-Louis Trintignante Emmanuelle Riva.
O realizador austríaco dedicou o prémio à mulher por esta o “aturar” há trinta anos e esclareceu: Amour é um filme sobre a última fase da vida de um casal, é uma ilustração dapromessa que fiz com a minha mulher, caso um de nós entre numa situaçãosemelhante”.
Rita Blanco, por sua vez, disse à agência Lusaque o galardão “foi uma boa surpresa”e que o realizador Michael Haneke deve estar muito contente porque pensou no filmedurante mais de dez anos.
Durante o certame foram ainda distinguidos o mexicano Carlos Reygadas, que conquistou o prémio para Melhor Realizador como filme Post Tenebras Lux, orealizador Ken Loach, que venceu oPrémio do Júri com The Angel’s Share,e o italiano Matteo Garrone, que ganhou o Grande Prémio com o filme Reality.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras